Sem trauma: Harvard mostra como a criança pode gostar de matemática

Sem trauma: Harvard mostra como a criança pode gostar de matemática

Os números não precisam ser sinônimos de sofrimento.  O segredo está na forma de encarar a disciplina.

Matemática costuma ser um assunto assustador para a maioria das crianças na escola. Alguns alunos meus já até falaram: – Ah matemática não! É chato e difícil! E ao questionar os meus alunos eles sabiam a matéria, mas só de pensar que era matemática já achavam ruim. Isso acontece muitas vezes por nossa culpa, em sempre retratar matemática como difícil, ruim.

Isso começou me incomodar e procurando na internet achei um texto bem legal da revista Pais&Filhos onde mostrava uma pesquisa feita por Robert e Ellen Kaplan, que são professores da Universidade de Harvard, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Eles dizem que o segredo está na forma de ensinar a disciplina e como o aluno vai encarar a matéria.

Pensando nisso, os profissionais desenvolveram uma abordagem específica que foi trazida para o Brasil pelo projeto Instituto TIM. Eles capacitaram educadores da rede municipal de ensino e passaram cinco dicas para ajudar as crianças a melhorarem o desempenho na disciplina. Vamos as dicas!

1 – Ensine a criança a dizer que não entendeu

Para algumas crianças, dizer “não entendi” significa dizer que são burras. Esse pensamento, porém, não pode continuar na cabeça delas. Saber falar que não está por dentro de determinado assunto é extremamente importante, segundo os profissionais de Harvad, Robert e Ellen Kaplan. Muitas vezes também, os alunos não fazem ideia de que os professores gostam de explicar as matérias várias vezes. Por isso professores lembrem-se sempre de dizer que não há pergunta ruim, o ruim é não perguntar. E aos pais incentive seu filho a dizer sem medo ao professor que não entendeu o conteúdo.

2 – Ajude a criança a encarar a matemática como uma brincadeira

Ter prazer em aprender faz toda a diferença na vida escolar das crianças. É preciso fazê-las gostarem tanto dos números, quanto das artes, por exemplo. Ajude-o a gostar a matemática, aproveitando seus colegas e até brincando mais.

Leia Mais: Atividades de Matemática e Raciocínio Lógico para utilizar com seus alunos.

3 – Incentive a criança a descobrir sozinha as respostas

 

brincando-de-contar-professora-coruja

Além de aumentar a autoestima das crianças, ensiná-los a chegar sozinhos às respostas de desafios pode fazê-los enxergar a matemática como uma matéria mais interessante. É preciso entender que a matemática, como uma ciência exata, faz sentido em tudo. A disciplina tem ideias e significados, não é apenas uma coisa automática”, afirmam os professores de Harvad.

4 – Instigue a criança a olhar ao redor

Quando olhamos de uma forma nova para algo, podemos ter ideias diferentes, que nos levam a outras ideias e podem nos ajudar a resolver problemas. Isso é o ideal para aprender matemática. Portanto, incentive seu filho a olhar para as coisas de uma forma totalmente diferente e você verá o resultado.

5 – Encoraje a criança a querer sempre fazer melhor

É ótimo quando nossos alunos conseguem aprender alguma coisa diferente. Sentimos muito orgulho e eles também adoram! Mas, é importante perceber também que sempre é possível fazer melhor. Incentive a criança a pensar dessa forma.

Tem alguma dica de matemática que aplica com sua turma? Nos conte nos comentários!

 

 

Comentários

comentários

No Comments

Leave a Comment