Dia do Livro Infantil

Dia do Livro Infantil

 

Ah como eu amo ler! Adoro ler para as crianças. Você aprende, se diverte, se emociona. E para um objeto tão importante como o Livro há duas datas comemorativas. Você sabia?

Dia Internacional do Livro Infantil  comemorado no dia 2 de abril, em função da data em que nasceu o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, em 1805.
Hans Christian Andersen foi o primeiro a adaptar fábulas existentes para a linguagem infantil criando um produto específico para consumo das crianças. As versões mais famosas de clássicos como “O Patinho Feio”, “A pequena Sereia” e a “A Polergazinha” são de sua autoria

A data foi instituída pela International Board on Books for Young People – IBBY em 1967. Neste mês, a organização sem fins lucrativos realiza uma série de eventos como o Prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da Literatura Infantil. O Brasil já teve como vencedores as escritoras Lygia Bojunga, em 1982, e Ana Maria Machado, em 2000, e o ilustrador Roger Mello, em 2014. A editora de literatura infantil Dolores Prades é membro do júri da premiação.

Já no Brasil o Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado no dia 18 de abril em homenagem a Monteiro Lobato. A data foi instituída em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato como o dia oficial da literatura infantojuvenil.

Sua primeira história infantil, A menina do narizinho arrebitado, foi publicada em 1920, e o sucesso do livro fez com que outros tantos surgissem, imortalizando as personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, Emília, o Visconde de Sabugosa, entre outros, que posteriormente seriam eternizados no famoso programa de TV produzido no final dos anos 1970 até meados dos anos de 1980 e retomado no final dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.

 Monteiro Lobato foi o primeiro escritor da literatura infantojuvenil a perceber a necessidade de inserir nas histórias para as crianças e os jovens elementos da cultura nacional, como os costumes do povo do interior e as lendas de nosso folclore. Fez isso de maneira única, combinando a identidade brasileira aos elementos da literatura universal, como a mitologia grega. Foi também o precursor da literatura paradidática, cuja principal característica é permitir que a criança aprenda enquanto brinca e lê.

Nascido em Taubaté, estado de São Paulo, no dia 18 de abril de 1882, Monteiro Lobato transformou-se em “gás inteligente” — definição bem-humorada que costumava dar à morte — no dia 04 de julho de 1948. Durante seus 66 anos de vida contribuiu intensamente para a literatura brasileira, transformando-se em referência no assunto.

Atividade Eu amo Ler

Info: Brasil Escola

Comentários

Professora de Educação Infantil e Criadora da Professora Coruja.
“Acredito que a Educação é um esforço colaborativo.”

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.