Benefícios de usar brinquedos no aprendizado

Benefícios de usar brinquedos no aprendizado

Utilizar brincadeiras no aprendizado infantil traz diversos benefícios. Conheça agora alguns motivos para adotar essa estratégia com as crianças:

Ao pensar na educação das crianças, pais e educadores costumam separar a hora da brincadeira com a hora dos estudos, criando uma rotina em que esses dois momentos se separam.. Cada vez mais, porém, especialistas sugerem que liberar os brinquedos só nas horas vagas, nos intervalos em que são permitidos os passatempos, é não explorar todo o potencial que eles oferecem para o desenvolvimento cognitivo das crianças.

  1. Promove a inteligência coletiva

Brincar é uma atividade conjunta, que se desenvolve com a participação de todas as crianças. Dessa forma, o pequeno busca soluções em parceria com os seus colegas, aprendendo a lidar com diferentes opiniões e trabalhar em grupo desde cedo.

Ele cria um mundo similar ao real, em que convive com os outros personagens. Este aprendizado se dá de forma horizontal, e não a partir de um adulto que impõe os ensinamentos.

  1. É uma atividade inclusiva

Sabemos que cada um tem facilidade em determinada tarefa e, muitas vezes, fazer algo em que não seja tão bom quanto os outros pode intimidar a criança a persistir naquela atividade , principalmente na sala de aula, onde existe a comparação de notas e desempenho.

Com os brinquedos, porém, não há certo ou errado e cada um pode desenvolver-se da maneira que se sentir mais confortável.

  1. Desenvolve aspectos não cognitivos

Ao brincar, a criança exercita a paciência e a disciplina, além de ter que estimular a concentração. Ela aprende a lidar com os seus objetivos e a melhor forma para conquistá-los. Esses são aspectos particulares que a vivência tradicional em sala de aula muitas vezes não proporciona, mas que precisam ser tratados na convivência com outras crianças.

4.Gera autoconfiança

Geralmente caímos na tentação de resolver os problemas para as crianças a fim de poupá-las de alguma possível decepção. Na brincadeira, elas são, ao contrário, independentes, e podem tomar as suas próprias decisões. Em um jogo de tabuleiro, por exemplo, devem pensar em uma estratégia, mesmo que simples, ou decidir o melhor lugar para se esconder no esconde-esconde. Ficam mais confiantes e abertas a novas experiências.

5.Estimula a imaginação

O aprendizado infantil é muitas vezes baseado na imitação de comportamentos das pessoas com as quais ela se relaciona, deixando-a muito parecida com seus familiares e até professores. Com a liberdade da brincadeira, ela não se sente no compromisso da repetição, pois não há necessariamente a obrigação de fazer o exercício corretamente. O grande ganho do jogo está no processo, não em sua resolução por si.

6.Facilita a memorização

As nossas maiores lembranças têm sempre uma ligação afetiva. Quando a criança brinca, seu aprendizado está naturalmente associado a um bom momento, compartilhado com colegas ou pessoas queridas. Assim, o  aprendizado é muito maior do que durante as aulas, em que o conteúdo se torna uma obrigação.

Brincar e estudar, portanto, são atividades aliadas e que se complementam. Procure conciliar os dois momentos das crianças e propor ligações entre as lições que precisam ser ensinadas em um momento lúdico!

E você, utiliza qual brincadeira ou brinquedo para estimular o aprendizado das crianças? Nos conte e comente nas nossas redes sociais.

Vimos esse texto no Blog A Barata diz que tem.

Comentários

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.